Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

Apresentados

Ontem

Estava eu sentada muito perto do cair da cadeira enquanto reconhecia, instantaneamente, o cheiro dos lírios que hoje de manhã abriram-se para o mundo ou pelo menos por essas quatro paredes onde se faz vida todos os dias. Entretanto, a alegria que venho tentado alimentar de forma humilde sorriu-me e eu sorri de volta. E dei-me conta que afinal, não custa nada. Pela janela, nota-se o entardecer a cobrir em tom de cerimónia, as fachadas de arte nova e as folhas que nessa estação só nos deram laranjas. As ruas e as pessoas encontram-se e bailam juntas, pelas pontas dos pés, a ritmo de poesia que balança de um lado e do outro e que então permanece quieta, meio tímida meio velha e pisca o olhar mais uma vez só para ter certeza de que sim.

Tal como eu faço esses dias quando penso na minha avó.

Ontem não sonhei com ela mas gostava. Dormimos juntas, enquanto me abraçava nos fios grossos e negros do meu pensamento. Tentava trazê-la para os meus sonhos, com a mesma voz e com o mesmo cheiro, assu…

Mensagens mais recentes

Da série 'Textos antigos que andavam escondidos'

Hoje, apenas hoje

Eu disse que não voltaria, mas voltei.

Para lá do meu eu, todos nós fomos Distante.

Todos Nós Fomos Distante

As melhores coisas na vida

Notes to Self

Amor

We need to be Lost to find Ourselves

Embracing is my favourite word... (1)